Too cool for school: conheça Hackney, em Londres

O que torna uma vizinhança cool? O urbano-descolado, as pessoas que andam como se não dessem a mínima, os cafés orgânicos, os drinks baratos, [insira aqui outra característica hipster da lista]. A verdade é que podemos tirar sarro, mas quando viajamos tudo o que queremos é estar onde as coisas diferentes acontecem.

Em Londres, este lugar tem um nome: Hackney.


Teri Pengilley/The Independent

Um dos 32 boroughs da Grande Londres, situado a nordeste da cidade, Hackney costumava ser uma área rural – o nome “Hackney” remonta a terreno pantanoso, inclusive. Foi com a implantação da estrada de ferro e da Iron Bridge (em 1781) que a área começou a prosperar. Novos habitantes se instalaram no local e fábricas criaram empregos. Hackney é, hoje, a Notting Hill dos anos 70, quando o bairro ainda era imune aos grandes investidores e por lá circulava um pessoal bacana e descolado. Com seus restaurantes badalados e uma vida noturna dinâmica, a polêmica construção do Parque Olímpico no local – para as Olimpíadas de Londres em 2012 – ameaçou ofuscar o brilho da independência de Hackney.

Nos finais de semana, acontecem mercados de rua – “primos” dos tradicionais Borough Market e Portobello Market – mas com produtos e comerciantes locais, que colorem a paisagem da vizinhança. Broadway Market é o queridinho dos londrinos. Seja comida vietnamita ou indiana, pães ou queijos artesanais: o único pré-requisito é chegar com fome. Depois de fazer um passeio gastronômico, relaxe em um passeio no Regent’s Canal, que fica a alguns minutos dali. Outras opções são Ridley Road (legumes baratos), o Columbia Road Flower Market (acontece aos domingos e vende desde orquídeas gigantes a limoeiros) e o Netil Market (menor e menos cheio). Além dos mercados, cervejarias, restaurantes e bares, como a Crate Brewery (considerado um dos melhores lugares para se comer pizza e beber cerveja em Londres), ajudam Hackney a manter a sua imagem de centro gastronômico em ascensão.


Christopher Fowler
4 Comentários
  1. Bablofil disse:

    Thanks, great article.

  2. Rosiene disse:

    Amei a idéia desse site, parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *